LISBOA

 

 

 

Vai pra Lisboa mas não tem muito dias? Segura esse “Roteiro na Mão” que você não irá se arrepender.

Sempre digo que a melhor forma de conhecer um lugar é sair caminhando sem medo de se perder, porém nem sempre dispomos de tanto tempo, nesse caso um roteiro bem planejado faz toda a diferença.

Lisboa é fácil, muito fácil de ser explorada e o melhor de tudo é que o transporte público funciona perfeitamente.

Se vale a pena alugar um carro em Lisboa? Vale se você pretende sair para conhecer os arredores da cidade ou mesmo se quiser explorar regiões mais distantes, caso contrário o carro é dispensável. É provável que o carro se torne mais um estorvo do que um conforto.

Para facilitar nosso roteiro, vou dividir Lisboa em 6 importantes regiões, assim você consegue se localizar melhor e planejar seu roteiro dentro dos seus dias na capital portuguesa.

1 – CENTRO

Da Praça Marques de Pombal até o Rossio.

A Praça Marques de Pombal fica perto das principais regiões turísticas de Lisboa e é uma das melhores regiões de Lisboa com relação a transporte público pois tudo começa ali, bem na Praça.

Roteiro na Mão – Praça Marques de Pombal

 

Um passeio delicioso é descer caminhando da Praça Marques de Pombal até a Estação do Rossio, pela Avenida Liberdade.

A Avenida Liberdade é perfeita para quem procura luxo e vitrines famosas. É a décima rua mais luxuosa do mundo. Sabe a Rodeo Drive de Beverly Hills ou a Champs Elysee de Paris? Pois bem, agora eu te apresento a Avenida Liberdade de Lisboa. Marcas como Louis Vuitton, Prada, Armani, Gucci, entre outras, estão com suas vitrines ali. Além disso, a avenida é repleta de bares, restaurantes e hotéis super badalados.

Bem no final da avenida, quase em frente a Estação do Rossio, você ira dar de cara com o Hard Rock Café Lisboa, também uma ótima pedida.

2 – BAIXA POMBALINA  / CHIADO / ROSSIO

  • Praça do Comércio

Roteiro na Mão – Praça do Comércio

 

Beirando o Rio Tejo, é uma das maiores praças da Europa. É a famosa Praça com D.José I em cima de seu cavalo. Lugar perfeito para um café no final do dia assistindo ao por do sol. Muitos portugueses se reúnem ali após um dia de trabalho.

Não deixe de visitar a Praça do Comércio.

  • O Arco da Rua Augusta

O Famoso Arco da Rua Augusta que desde 2013, após um longo processo de restauração e adaptação, se tornou possível a subida no monumento e eu diria que é imperdível pela vista em 360 graus da Baixa de Lisboa.

Roteiro na Mão – Arco da Rua Augusta

 

O Arco da Rua Augusta surgiu após o devastador terremoto de 1755, mas apenas foi dado como concluído em 1873. É decorado com estátuas de figuras históricas como Vasco da Gama, Nuno Alvares Pereira, Viriato e Marquês de Pombal.

  • Miradouro do Arco da Rua Augusta.

A Rua Augusta eu diria que é a mais famosa de Portugal e é onde se localiza o Arco da Rua Augusta, situado atrás da Praça do Comércio.

Roteiro na Mão – Miradouro do Arco da Rua Augusta

 

É uma rua de pedestre e vai do Arco até a Praça do Rossio e é uma delícia caminhar por ali, são inúmeros restaurantes, lojas famosas, mesinhas espalhadas, perfeito para sentar e provar o famoso bolinho de bacalhau com um bom vinho nacional…

  • Elevador de Santa Justa

Ainda seguindo pela deliciosa Rua Augusta, quando chegar na sétima esquina, vire à esquerda e dará de cara com o Elevador da Santa Justa.

Roteiro na Mão – Elevador de Santa Justa

 

Mas o que é na verdade, esse elevador? Ele foi inaugurado em 1902 para ligar a Baixa de Lisboa ao Largo do Carmo. Com uma bonita arquitetura de ferro, bem da época. Uma torre metálica onde poderá subir e , admirar a beleza da cidade e do Tejo visto do alto, é outro Miradouro que merece uma salva de palmas.

Vá preparado pois por ser uma das atrações mais visitadas de Lisboa, com certeza você irá pegar uma fila nada agradável e um outro ponto é o preço, pra subir no elevador você deverá pagar nada menos que Euros 5,00… mas vale, tudo vale …hahaha

  • Praça D Pedro IV ou Rossio

A Praça, antes conhecida como “Praça D.Pedro IV”, hoje é chamada de Rossio pelos locais e continua sendo um ponto de encontro tradicional, tanto para os lisboetas, como também para os que visitam Lisboa.

Roteiro na Mão – Praça do Rossio

 

No meio da Praça está a estátua de D.Pedro IV e aos seus pés, quatro figuras femininas representam a Justiça, a Sabedoria, a Força e a Temperança, qualidade atribuída a D.Pedro.

Roteiro na Mão – Praça do Rossio

 

É uma das praças mais bonitas de Lisboa, com monumentos, fontes e muita, mas muita história. Suas fontes são usadas no início de outubro para batizar os calouros que acabaram de entrar na universidade.

  • Caminhar pelo Bairro do Chiado

O Chiado está localizado entre o Bairro Alto e a Baixa Pombalina e é um dos bairros mais boêmios de Portugal, é o reduto dos artistas, poetas e os intelectuais de Lisboa.

Roteiro na Mão – Bairro do Chiado

 

Era um ponto de passagem obrigatório para aqueles que queriam ser conhecidos na cidade e Eça de Queiroz fez várias citações sobre o Rossio em sua obra “Os Maias”.

Em matéria de hospedagem, é sem dúvida uma ótima pedida, dali você pode explorar boa parte da cidade a pé e quanto quiser seguir para a parte Baixa, basta aproveitar o elevador.

A Baixa encontramos os edifícios  e as ruas de pedestres e o Chiado, é a animação em tempo integral, com livrarias, teatros, lojas e está sempre movimentado.

3 – BAIRRO DE BELÉM

São 3 as visitas obrigatórias nesse bairro: Torre de Belém, Mosteiro dos Jerônimos e Padrão dos Descobrimentos.

  • Torre de Belém

Ir a Lisboa e não visitar a Torre de Belém é inaceitável, certo? E então vamos lá…

Roteiro na Mão – Torre de Belém

 

Localizada às margens do Rio Tejo e para quem sabe um pouquinho de história, sabe que ela serviu de forte contra as invasões. Foi construída a mais de 500 anos.

Roteiro na Mão – Torre de Belém

 

Belém é repleta de história e superimportante na criação de nosso país, o Brasil.

  • Mosteiro dos Jerônimos

Sua construção levou mais de 90 anos.

Roteiro na Mão – Mosteiro dos Jerônimos

 

Logo na entrada você se depara com as sepulturas de Vasco da Gama e Camões e é realmente muito emocionante ver túmulos de pessoas tão importantes para nossa história.

Roteiro na Mão – Mosteiro dos Jerônimos

 

Algumas salas do Mosteiro mostram uma linha do tempo das descobertas portuguesas, juntamente com as linhagens de reis do país.

  • Padrão dos Descobrimentos

O Padrão dos Descobrimentos é o monumento de homenagem a Portugal em que o país era responsável por desbravar novas rotas pelos oceanos e descobrir terras nunca antes exploradas.

Roteiro na Mão – Padrão do Descobrimento

 

Ali era o local de onde as caravelas portuguesas partiam para o Novo Mundo e também onde Pedro Álvares Cabral partiu com suas caravelas em direção ao Brasil… muita história.

Assim como o Padrão do Descobrimento, a Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerônimos, são as atrações mais visitadas de Portugal.

4 – A REGIÃO DE ALFAMA

Devido aos desníveis da cidade, caminhar pelas ruas de Lisboa é sempre cheia de subidas e descidas, mas isso não pode ser um obstáculo para ninguém, pois o grande atrativo da cidade é realmente sair caminhando e deixar se perder pelas maravilhosas ruas. Isso é uma obrigação no bairro de Alfama, o bairro mais antigo da cidade.

Roteiro na Mão – Electrico Lisboa

 

Alfama é tomado de ruas estreitas, casarões que resistiram ao forte terremoto de 1755, excelentes restaurantes, casas de fados e vida noturna intensa.

Para chegar no Bairro de Alfama, você precisa pegar o eléctrico 28 que é o bondinho da cidade, combina muito com tudo o que você vai conhecer.

Veja agora o que visitar no Bairro de Alfama (faça exatamente essa rota para terminar com o pôr do sol no Castelo de São Jorge).

  • Miradouro da Senhora do Monte

Não se engane, a melhor vista é realmente do Miradouro da Senhora do Monte. Se tiver indo de eléctrico, não desça no Castelo de São Jorge, suba mais um pouco e desça na parada do Largo da Graça, é o ponto mais alto e a vista mais bonita.

Roteiro na Mão – Ponte 25 de Abril

 

  • Igreja de São Vicente de Fora

São Vicente é o padroeiro da cidade de Lisboa e na Igreja estão algumas de suas relíquias.

  • Feira da Ladra

A Feira fica ao lado da Igreja de São Vicente de Fora e ocorre às terças e sábados apenas.

Photo by – Andreia Dias – @eparalaqueeuvou

É muito bacana pra comprar lembrancinhas da capital Portuguesa.

  • Panteão Nacional

Depois da Feira, a próxima parada é Panteão Nacional que faz homenagem aos grandes cidadãos e militares portugueses. É uma igreja muito bonita com uma praça em frente. Precisa comprar ingresso para ter acesso à cobertura.

  • MIradouro de Santa Luzia

Ainda continuando a descida você vai se deparar com outro mirante, o Miradouro de Santa Luzia. A vista também é incrível e no final de tarde muitos ficam ali sentados, é muito gostoso.

  • Castelo de São Jorge

Aqui encerramos o passeio por Alfama. O Castelo de São Jorge foi construído para proteger a cidade de romanos pois fica numa área muito alta. A vista é divina e por isso que digo pra se preparar para chegar no Castelo para o por do sol.

Photo by – Andreia Dias – @eparalaqueeuvou

Durante a noite o Castelo fica todo iluminado.

5 – AS REGIÕES DE PRINCIPE REAL, BAIRRO ALTO E ESTRELA

O Bairro Alto é a região mais cara da cidade, É super badalada a noite, com muitos bares e boites. Na descida do Bairro Alto em direção a Praça de Camóes, damos de cara com o Miradouro São Pedro de Alcântara, um local delicioso. Você irá se deparar com senhores tocando fado, muitas pessoas andando.

  • Basílica da Estrela

Construída por D Maria I em agradecimento pelo nascimento de seu herdeiro homem. A Igreja guarda os restos mortais da rainha, é a única monarca da dinastia dos Bragança que não está enterrada no panteão da Igreja de São Vicente de Fora (exceção a D Pedro I e II que estão sepultados no Brasil).

http://lisbon-portugal-guide.com/lisbon-sights/estrela-basilica-lisbon.html

A Basílica é um verdadeiro museu da arte portuguesa da segunda metade do século XVIII, sua arquitetura, escultura, azulejos e também o presépio Machado Castro.

6 – PARQUE DAS NAÇÕES

É uma herança deixada pela EXPO 98 e está toda modernizada com altos prédios, museus e o famoso Oceanário de Lisboa, um dos maiores do mundo.

Photo by Andreia Dias – @eparalaqueeuvou

O Parque das Nações é a zona mais oriental da cidade e são várias as atrações:

  • Oceanário

    – é um aquário gigante com muitas espécies marítimas.

Photo by Andreia Dias –
@eparalaqueeuvou
  • Teleférico

    – passeio imperdível pra quem estiver no Parque das Nações. É rápido (8 minutos de passeio) mas o suficiente pra tirar várias fotos. Você terá a vista do Rio Tejo , do Parque das Nações, do Oceanário, da Torre Vasco da Gama e vários pontos da cidade.

  • Lojas

    – você também irá encontrar muitas lojas, supermercados, produtos de beleza e muito mais.

Lisboa é uma cidade que dá vontade de sair explorando, tem muita coisa pra ver, embora seja relativamente pequena. É uma cidade segura e acolhedora. É antiga e moderna ao mesmo tempo e você irá se surpreender tanto, que não sentirá vontade de voltar pra casa.

Quero fazer um agradecimento especial a minha amiga Andreia Dias, uma brasileira que vive em Portugal e criadora do @eparalaqueeuvou, o meu muito obrigada pelas fotos incríveis que você tão gentilmente cedeu para a finalização deste post.

Quer uma dica de um IG top para seguir? Confira lá, @eparalaqueeuvou , todas as fotos tiradas por Andreia e seu Marido Carlos Dias.

12 comentários sobre “LISBOA

  1. Amei passear pelo seu blog.Foi um prazer essa parceria contigo.
    Foi uma pena não termos nos encontrado.
    Bom da próxima vez temos que marcar um encontro e fazer muitos clicks bafo.

  2. Completíssimo esse post de Lisboa! Tem todas as atrações que eu já visitei na cidade e mais algumas que ainda terei que voltar para ver! Belém é meu lugar favorito em Lisboa, mas tem muita coisa boa para se fazer por lá. Ver todas essas fotos me deu uma grande vontade de voltar!

  3. Amei seu post sobre Lisboa!!! Sou uma apaixonada por Portugal também! Uma das maneiras super divertidas de conhecer a cidade é por tu tuc, aqueles veículos indianos que sobem e descem aquelas ladeiras tranquilamente e tem aos montes por lá!! Ano que vem também iremos de novo! Adorei a mudança de seu blog!! Parabéns!! Beijos!

    1. Ola Dani,
      Você tem toda razão, o tuc tuc é perfeito para conhecer Lisboa. Também estamos planejando o ano que vem e quem sabe não vamos na mesma época, seria ótimo!!
      Muito obrigada por sua visita..
      Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *