Réveillon no Epcot Center

 

 

Como foi passar o Réveillon no Epcot Center?

 

 

Natal e Ano Novo são datas muito especiais pra mim e agora eu conto como foi passar essas datas tão lindas no complexo Disney.

A Disney é sempre mágica, mas nessa época do ano fica ainda mais especial. Toda a decoração, as músicas que emocionam, os personagens com as roupas natalinas, as paradas de Natal, não tem como descrever. Programe-se para viver essa experiência pelo menos uma vez na vida.

Mas afinal, nas datas especiais em qual parque eu vou? Depois de muita conversa decidimos que o Natal seria no Magic Kingdom e o Réveillon no Epcot, onde é considerada a virada de ano mais famosa de Orlando.

Foi tudo simplesmente incrível, emoção difícil de segurar e quando tudo termina, você pergunta:  O que foi aquilo?? Parece que tudo não passou de um sonho.

 

Pesquisei muito e sabia que dia 31 de dezembro no Epcot é dia de super lotação e que eles fecham os portões muito cedo, assim que o parque atinge a lotação máxima. Diante de tudo isso e temendo ficar de fora, resolvemos chegar cedo. Dez horas da manhã já estávamos entrando no parque. O estacionamento já estava bastante lotado e vimos muito mais cast members do que em dias normais.

Entramos no Epcot…uhuuuu… agora vamos brincar (só que não), filas e mais filas nos brinquedos. Tudo bem, sem problemas, já estávamos muito felizes por estarmos ali dentro.

Se você pretende conhecer o Epcot e suas atrações, não deixe para fazer isso na virada do ano, hoje o objetivo maior é a festa de Réveillon. Conseguimos curtir alguns brinquedos como o Spaceship Earth, Nemo, Test Track, Mission Space (adoro) e passeamos pelos 11 países. Atrações como o Soarin, 5 horas de fila… socorroooo… É um dia atípico, não tem jeito.

 

As filas não eram somente para os brinquedos, eram filas para banheiros, restaurantes e lojas. Percebi também muitos quiosques espalhados pelo parque, diferente dos dias normais. Tinha quiosque vendendo croissant, outro vendendo sonho, havia até quiosque vendendo Champanhe em taças de acrílico. .. tudo para comemorar.

O Parque distribui chapéus e cornetas para todos os visitantes,  com mensagens de “Happy New Year” , muito fofo.

Após o horário do almoço é comum ver pessoas espalhadas pelos gramados, todos em busca de um cantinho para descansar para a grande festa da noite.

Às 18 horas acontece o Ilumination, que é o famoso Show de Fogos do Epcot. O Ilumination conta o nascimento da Terra, o triunfo da vida e termina com a história de esperança para o futuro. Acontece na Lagoa World Showcase e basta arrumar cantinho em qualquer lugar ao redor da lagoa que você consegue assistir ao show.

Dàs 18 às 23:30hs a festa começa como num passe de mágicas, avistamos várias pistas de dança espalhadas nos pavilhões dos países, cada um com seu estilo musical, com seu DJ famoso e com seu jogo de iluminação surreal, nunca vi nada parecido em nenhuma balada famosa.

Ficamos por horas na praça do Pavilhão do Reino Unido, sabe por quê? Simplesmente porque havia uma banda tocando Beatles, simples assim.

Aqui uma lista das pistas de dança espalhadas pelos Pavilhões, cada uma com seu estilo musical:

  • Itália – DJ tocando música eletrônica, muitas luzes e muita gente se acabando nas pistas.

  • China – é sempre considerado a melhor balada, não só pelas músicas mas principalmente pelo jogo de luzes, surreal, mesmo ao ar livre alguns dragões se formavam no céu e dançavam de acordo com a música tocada, sensacional.

 

  • Japão – essa balada era totalmente diferente, as pessoas se acabando nas pistas e quem passava não ouvia música nenhuma, bem esquisito. Descobrimos que as músicas são tocadas nos fones de ouvido e cada um se conecta com o DJ pelo celular… Show… Tinha que ser o Japão.

 

  • Estados Unidos – somente música latina e que eu particularmente amo. Estava mega animado e muitos casais dançando.

  • Área da Fonte do Future World – Ficamos instalados aqui, as meninas se identificaram com as músicas que eram mais pop, o DJ era top top top e avistávamos a Geosfera toda iluminada com a contagem regressiva.

Às 23:40hs pontualmente começa o show da Virada, nessa hora você já precisa estar posicionado em volta do lago, uma missão quase impossível pois desde as 10 horas da manhã eu já via gente segurando lugar para esse grande momento. Decidimos ficar em frente o Pavilhão da França e estava maravilhoso. Todos dizem que o México é o melhor lugar para ficar, com a melhor vista.

Como não seguramos lugar e chegamos somente às 22:30hs para o espetáculo, não conseguimos ficar muito na frente. Uma família do Peru gentilmente convidou as meninas para um lugar na grade, fofos demais… nós ficamos um pouco mais atrás mas conseguimos assistir tudo perfeitamente.

 

 

O espetáculo começa com o show das águas e o show de fogos. Depois é a hora de cada país apresentar o seu espetáculo, começando pela pela Asia (China e Japão). As luzes do park se apagam e acende primeiro a China, que apresenta a sua queima de fogos e deseja “Feliz Ano Novo” em chinês… sensacional!! Na sequência vem o Japão. Depois da Ásia é a vez da Europa, então cada país faz seu espetáculo com suas músicas e “fireworks”, nessa ordem: Alemanha, Noruega, Itália, França, Reino Unido e Marrocos . Estávamos bem em frente o Restaurante “Chefs de France”, foi lindo demais todos os funcionários na porta do restaurante cantando. Na sequência a queima de fogos da França. Por último foi a vez da América (Canadá , México, EUA), sendo por último os Estados Unidos que após seu show de fogos, todas as luzes do parque são apagadas e todo mundo começa a contagem regressiva, o parque todo contando e um incrível show de fogos no meio do lago com a música “Auld Lang Syne” e no céu a mensagem de “Feliz Ano Novo” em todas as línguas… Chorei tanto que quase desidratei…rsrs. Até hoje quando lembro ainda me emociono.

Mesmo com a certeza absoluta de que a Disney me surpreenderia com o Ano Novo, foi muito mais do que um dia eu poderia imaginar.

 

 

Após a queima de fogos o parque fica aberto por mais 1 hora e não é fácil a saída, uma multidão de gente indo embora na mesma hora. Mas deu tudo certo, nada de empurra empurra, foi muito organizado, como não poderia deixar de ser. Optamos por caminhar até o estacionamento, tinha muita fila para pegar o trenzinho.

Para finalizar com chave de outro, perdemos o carro …rsrsrs… mas assim que o estacionamento esvaziou por completo, conseguimos encontrar…hahahaha e eu diria que foi perfeito pois acabamos não pegando trânsito na saída pois só estávamos nós no parque… sensacional.

Chegamos no hotel por volta das 3 horas da manhã e valeu cada minuto, repetiria essa experiência todos os anos da minha vida, se pudesse… até hoje custo a acreditar que tudo aquilo foi real…

Agora umas dicas que considero importantes para esse dia especial:

  • Anota essa: Você quer passar a virada do ano no Epcot mas não quer de jeito nenhum ficar o dia todo no parque, quer chegar mais para o final do dia, somente para a festa. E agora, será que consegue entrar? Faça uma reserva de jantar num dos restaurantes do parque e apresente o comprovante da reserva na entrada, independente do horário eles deixarão você entrar, mesmo o Parque estando com lotação máxima. Não esqueça que tem que apresentar o comprovante da reserva.

 

  • Não conhece o Epcot? Já falei no post, dia 31 de dezembro não é o melhor dia para você brincar e conhecer o Parque, essa data está toda voltada para a festa de Réveillon.
  • Leve uma bolsinha com lanches e água, as filas para os lanches rápidos são imensas e você perderá muito tempo. Os restaurantes, a maioria só atenderá quem estiver com reservas feitas antecipadamente. Essa regra é muito importante também para quem estiver com criança, procure levar umas frutas e sucos.

 

  • Tire foto da sua vaga de estacionamento, isso evita perder o carro na hora de ir embora.

 

A festa de Réveillon no Epcot Center é mágica como toda a Disney, por isso programe-se e viva esse sonho!!!

 

 

11 comentários sobre “Réveillon no Epcot Center

  1. Incrível esse post! Adorei a festa no Epcot. Um amigo já tinha me falado bem do evento, mas seu artigo traz todos os detalhes e a dica de ouro da reserva no restaurante para quem não quer passar o dia todo no parque! Fiquei encantada! Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *